Construção
4 minutes min

ENTENDA O QUE É CONSTRUÇÃO MODULAR E QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS TIPOS NO MERCADO

MERCADO

Com a construção modular, as obras ganham mais rapidez, sustentabilidade e redução de gastos. Descubra os principais tipos de construção.

Uma das primeiras grandes construções feitas pelos humanos, as Pirâmides do Egito foram feitas com diferentes tipos de rochas e levaram décadas para serem construídas. 

Já nas casas, materiais orgânicos como árvores e palha eram matérias-primas para abrigar as pessoas. Entretanto, sua elevada inflamabilidade colocou muitas pessoas em riscos até a criação dos tijolos feitos de argila. Com mais segurança e durabilidade, esse material foi aderido por muitos, mas pecava na agilidade e simplicidade de construção.

Eis que em 1888, uma revolução acontece: a criação do sistema de construção modular a seco. Por meio desse sistema, muito utilizado nos Estados Unidos e países europeus, as obras se tornaram mais ágeis, eficientes e flexíveis. Ou seja, compatíveis com o século XXI.

Se você quer entender o que é a construção modular, quais são suas vantagens e sua relação com a sustentabilidade, continue a leitura!

O que é construção modular?

Como o próprio nome indica, a construção modular consiste da montagem de uma edificação por meio da utilização de módulos individuais produzidos em fábricas especializadas.

Após sua fabricação, os diferentes módulos são transferidos para o canteiro de obras em que serão montados em casas e edifícios modulares. Dois modelos se destacam dentro da construção modular, chamados Light Steel Frame e Wood Frame. 

O que é Light Steel Frame?

A Light Steel Frame (LSF) utiliza aço galvanizado como base para substituir as tradicionais construções de concreto, blocos e tijolos. Esse tipo de aço é resistente a ferrugem e abrasões, além de manter a estrutura da parede rígida.

Por ser mais difundida no país, a Light Steel Frame possui um maior número de profissionais especializados, o que pode ajudar no custo-benefício do projeto.

O que é Wood Frame?

Se no LSF é utilizado o aço galvanizado, o Wood Frame tem a madeira como principal material para a estrutura das edificações. 

Vale ressaltar que as placas de madeira possuem tratamentos contra umidade e cupins, além de instalação de chapas para reduzir deformações.

Quais as vantagens da construção modular?

Redução de custos

Um dos principais benefícios da construção modular é a significativa redução de custos, já que ela pode diminuir em até 5 vezes os gastos em comparação a uma casa de alvenaria. Esse benefício é garantido graças à precisão oferecida pelos materiais de construção dos módulos.

Por serem padronizados e precisos, os módulos consomem apenas o que já estava planejado para sua fabricação, reduzindo o desperdício, sobras e perdas.

Por economizar tempo, ela também reduz gastos com equipe – que pode ser ainda menor caso seja escolhido o Light Steel Frame, já que ele possui maior mão-de-obra no Brasil.

Leia também: Quanto tempo dura o drywall?

Rapidez

Como os módulos de construção já chegam prontos no terreno, a otimização de tempo pode chegar a 30%. Isso porque 60% do processo de construção é realizado dentro das fábricas.

Sustentabilidade

Para quem busca uma opção mais sustentável, não há solução melhor que construções modulares como a Light Steel Frame. 

Ela não só gera menos entulho, como pode ser desmontada e reutilizada em outro ambiente. Isso significa que a maior parte dos materiais não será descartada e que não haverá impactos relacionados à demolição.

E quando unimos o Light Steel Frame com o drywall e a lã de vidro, a edificação ganha mais conforto térmico e acústico. Com essa vantagem, os gastos e impactos relacionados com a climatização dos ambientes é reduzido.

Ou seja, se seus clientes estão em busca de uma construção inovadora, essa é a ideal para seus projetos. E a Placo pode lhe ajudar com isso! Acesse nosso site e entenda quais soluções podem fazer parte dos seus projetos.