Endereço

Placo do Brasil
Av. Valentina Mello Freire Borenstein,
333 - Vila Sao Francisco,
Mogi das Cruzes - SP, Brasil

Light Steel Frame: conheça esse sistema construtivo e o papel do drywall nele

By • Construção

dez
11
Light Steel Frame: conheça esse sistema construtivo e o papel do drywall nele

Quer investir em projetos mais sustentáveis e com rapidez? Conheça o sistema construtivo Light Steel Frame e a importância do drywall nele.

Leveza, durabilidade e rapidez. Se essas palavras são importantes para a sua obra, chegou o momento de conhecer um dos sistemas construtivos mais modernos que tem ganhado espaço nos canteiros de obras.

Estamos falando do Light Steel Frame, que pode ser traduzido como estrutura de aço. Essa técnica à base de aço galvanizado, capaz de substituir as tradicionais construções de concreto, blocos e tijolos, garante economias expressivas por conta da redução de materiais necessários na hora da montagem. 

Para que essa técnica seja bem aplicada, é necessário ter profissionais que saibam trabalhar com esqueletos de aço e fechamentos internos e externos. E é por isso que uma das opções mais indicadas nesses casos, por tratar-se de tecnologias avançadas, que prezam pela otimização da obra e facilidade de manutenção, é o drywall.

Continue a leitura e saiba mais sobre esse sistema.

LSF e suas vantagens

A versatilidade das placas de gesso, revestidas por lâminas de cartão duplex, e o modo de construção a seco formam o casamento perfeito para aqueles que prezam por agilidade e sustentabilidade, já que o Light Steel Frame é feito de material 100% reciclável e totalmente passível de personalização após a finalização.

São inúmeras as vantagens que se obtêm ao escolher o LSF na construção de seu imóvel. Além de alta resistência e durabilidade, a técnica colabora com o meio ambiente por ser sustentável, pois utiliza o mínimo de recursos naturais para a produção e tem baixa geração de resíduos.

Com o LSF também é possível: 

  • Realizar a obra em um espaço mais curto de tempo
  • Segurança estrutural
  • Economizar na fundação
  • Conforto térmico e acústico
  • Ter mais organização no canteiro de obras
  • Manutenção mais fácil

Drywall em evidência

Muito usado para a construção de paredes, nichos de decoração, forro de teto, cabeceiras e até guarda-roupas, o drywall é um dos materiais mais “coringas” do mercado e que complementa perfeitamente o sistema construtivo Light Steel Frame.

A placa Performa da Placo, por exemplo, é perfeita para a vedação destes ambientes e ainda tem conforto acústico como uma vantagem extra. E mais: esse material suporta até 50 quilos impactos direto na placa (em cargas rente a parede).

Drywall em sistema Light Steel Frame

Mas, como montar?

Agora que já sabemos quais as características desse modelo de construção, é importante destacar mais um componente das estruturas de Light Steel Frame: elas são revestidas de zinco – o que evita a corrosão das peças – e têm durabilidade de até 300 anos. Por isso, são ideais para a montagem de edificações.

Na hora de montá-las, a fundação mais indicada pelos especialistas para suportar os pilares feitos normalmente sob medida é a radier. Isto é, rasas, como lajes de concreto armado em contato direto com o terreno que receberá a carga.

Depois não há segredo. O esqueleto de aço é montado e a estrutura preenchida por lã de vidro e placas de gesso.

O Light Steel Frame foi inclusive tema de um dos vídeos Se liga, Parceiro! da Placo, que você pode conferir abaixo:

Se liga, Parceiro! #7: Light Steel Frame: construção mais leve, rápida e limpa 

E aí, você consideraria deixar a alvenaria de lado no seu projeto para investir em técnicas mais ousadas, como a de Light Steel Frame? Os benefícios são os que você busca em uma obra?

ATENDIMENTO AO CLIENTE 0800 019 25 40