Endereço

Placo do Brasil
Av. Valentina Mello Freire Borenstein,
333 - Vila Sao Francisco,
Mogi das Cruzes - SP, Brasil

O que dizem as normas técnicas para drywall

By • Construção

abr
16
Normas técnicas para drywall

Saiba tudo sobre as normas técnicas para drywall, que padronizam a fabricação e uso para garantir que as obras tenham mais segurança e eficiência.

Ao iniciar uma instalação de placas de drywall, é fundamental estar por dentro das regras e normas existentes para garantir que a obra esteja dentro da conformidades. Mas você sabe quem é a responsável pelas normas técnicas para drywall?

A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) estabelece regras do uso do sistema construtivo de placas de drywall que determinam que o produto tenha excelente eficiência e desempenho. Quer saber quais são as principais normas técnicas para drywall e qual a importância de segui-las em uma obra? Continue a leitura!

 

Qual a importância das normas técnicas para drywall?

Esse conjunto de regras criadas pela ABNT tem como objetivo a padronização dos produtos do mercado, tornando as normas técnicas uma obrigação legal dos fabricantes. 

O Código de Defesa do Consumidor, inclusive, prevê que fabricantes e vendedores que utilizem ou apliquem o drywall de forma diferente do que prevêem as normas, sejam responsabilizados. Ou seja, não cumprir as regras é crime.

Sendo assim, todos os profissionais que pretendem utilizar o drywall em seus projetos devem atentar-se nestas regras para não serem prejudicados. 

Também vale reforçar que a fabricação das placas de drywall devem ser feitas de acordo com uma série de normas sobre todas as propriedades dos componentes do sistemas, que vão dos perfis em aço galvanizados até as placas para construção à seco de revestimentos, forros e paredes - todas seguidas a risca pela Placo.

Utilizar perfis não normatizados pode trazer sérios problemas para a obra, além de arriscar a segurança das pessoas nos ambientes que utilizam o sistema drywall.

 

Quais são as principais normas técnicas para drywall?

Nós reunimos abaixo algumas das principais normas técnicas para drywall. Se você deseja ler as regras na íntegra, basta acessar o site da Associação Brasileira do Drywall.

ABNT NBR 15.758: 2009

Norma técnica drywall ABNT NBR 15.758: 2009

A ABNT NBR 15.758 tem como foco os projetos e procedimentos de como executar a montagem dos sistemas construtivos em chapas de gesso para drywall.

Ele deve ser seu guia desde o projeto até a montagem e está dividido em 3 partes, com os requisitos necessários para sistema usado como paredes, sistema usado como forros e sistema usado como revestimentos.

ABNT NBR 15.575:2013

Na ABNT NBR 15.575:2013, são definidos os níveis de desempenho para componentes de edificações habitacionais ao longo de sua vida útil.

E como eles devem atender às normas técnicas para drywall? Cada um dos cinco critérios de desempenho citados - desempenho estrutural, segurança ao fogo, desempenho térmico, desempenho acústico e durabilidade - devem atender aos respectivos requisitos para atender aos níveis mínimo, intermediário ou superior.

Para a sua tranquilidade, a Placo tem soluções construtivas para atender a todos esses requisitos, inclusive aos acústicos. Esse item é demonstrado através das placas Standard (ST) e a Performa, uma novidade no campo de isolação acústica. 

A Placo Performa é uma placa de gesso laminada que se comparada a placa ST reduz o ruído pela metade, proporciona isolamento até +3 dB sem a necessidade de mudar o sistema de instalação, permitindo melhor conforto acústico em qualquer ambiente.

Já quando falamos em resistência ao fogo, a Placa Resistente ao Fogo (RF) possui um tratamento especial com aditivos que conferem excelente proteção em caso de incêndio e, claro, atende às exigências de acordo com os requisitos normativos aplicáveis.

ABNT NBR 16831:2020

A mais recente das normas ABNT sobre drywall, em vigor desde 2020, fala sobre a classificação e os requisitos das placas de gessos diferenciadas.

Na 16831:2020 são listadas as características que cada uma dessas placas devem ter, como, por exemplo, a necessidade de requisitos adicionais que distinguem placas resistentes à umidade e ao fogo das placas de gesso do tipo standard (ST)

ABNT NBR 14.715: 2010

Essa norma de 2010 é destinada aos fabricantes, como garantia da qualidade das placas de drywall. 

Nela, estão listados os requisitos necessários para atender e também os testes e métodos de ensaios pelos quais as placas devem ser submetidas para garantir a sua qualidade. Como já afirmamos no início do texto, a Placo é certificada por atender todos os requisitos dessa norma.

ABNT NBR 15.217:2018

Norma técnica drywall ABNT NBR 15.2172018

Por último, mas não menos importante, também é necessário estar atento às normas dos perfis de aço que receberão as placas drywall. 

Semelhante à ABNT NBR 14.715: 2010, a 15.217 também define os requisitos e métodos de ensaio para garantir a qualidade dos perfilados de aço para sistemas construtivos em chapas de gesso para drywall.

Para saber se você está usando um perfil normatizado no drywall, basta consultar o site da associação de drywall. Lá, você encontra a lista com todos os fabricantes aprovados no PSQ. 

Algumas das informações que podem ser verificadas, se você estiver com os perfis ao seu alcance são o nome do fabricante, nome comercial do produto, dimensões da peça (espessura mínima final de 0,5 mm) e a indicação do revestimento de Zinco (recobrimento de Z275 g/m²).

 

Como você pode perceber, as normas técnicas serão as suas aliadas para a garantia de uma obra com excelente execução. Portanto, tire o tempo necessário para estudar a fundo todas as normas técnicas para drywall e escolher fornecedores que cumpram os requisitos necessários e que levem segurança para o planejamento de um projeto.

 

ATENDIMENTO AO CLIENTE 0800 019 25 40